JURADO CONVIDADO CONVOCATÓRIA PEF 2021

 

_MônicaMaia_Foto_AleRuaro_AleRuaro_0423
MÔNICA MAIA

Mônica Maia é editora e curadora de fotografia e produtora cultural. É sócia da DOC Galeria, espaço expositivo com foco na fotografia documental, inaugurado em 2012, e produtora executiva da Mostra SP de Fotografia, desde 2011. Idealizadora e curadora da plataforma Mulheres Luz, projeto de pesquisa e publicação de conteúdos produzidos por fotógrafas.

Foi fotógrafa dos jornais O Estado de S.Paulo e Jornal da Tarde [1987/1990] e Editoria de Fotografia da Agência Estado [1990/2007]. Coordenou a Fotografia do Núcleo de Revistas da Folha de S.Paulo [2008/2011] onde continua colaborando em projetos especiais. Em 1999 foi a primeira brasileira a ser jurada do World Press Photo, desde então é membro do Joop Swart Masterclass. Foi curadora do 3º Encontro de Coletivos Fotográficos Íbero-Americano, que aconteceu na cidade de Santos, São Paulo [2014]. É jurada e curadora do Programa Nova Fotografia do MIS-SP [2019/2021]. Integrou do juri prêmio Chico Albuquerque de Fotografia, lançada em 2019, em Fortaleza, CE. Foi curadora dos projetos “Por dentro de um tempo suspenso”, em 2020, chamada aberta sobre a produção fotográfica durante a pandemia, e “Testemunhos para o não esquecimento”, em 2019, convocatória para envoi de materiais sobre a tragédia de Brumadinho, ambos apresentados em forma de video no Festival de Fotografia de Tiradentes. Foi gestora da Galeria Nikon [2014/2016]. Em 2015 lançou a Foto Feira Cavalete, projeto de venda de imagens e fomento da fotografia. Desde 2012 produziu ou fez a curadoria de mais 30 exposições, entre elas duas mostras vencederes do edital do Proac com um projeto dedicado a Mulheres Fotógrafas e outro no Centro Cultural São Paulo. Foi contemplada na Funarte São Paulo e Caixa Cultural do Rio de Janeiro e Salvador. É jurada de prêmios e convocatórias. Atua em leituras de portfolios e acompanhamento de projetos. Integra a diretoria da Rede de Produtores Culturais da Fotografia no Brasil.

©Ale Ruaro